Marta Suplicy vai explicar a redução das verbas da educação, da falta de política pública para as crianças e a construção da milionária Ponte da Vergonha?

Finalmente a ex-prefeita paulistana Marta Suplicy entrou na campanha do seu ex-secretário Fernando Haddad, candidato à prefeitura da cidade de São Paulo.

Esperamos que os debates tragam á tona as negociações que foram feitas pela ex-prefeita no sentido de reduzir as verbas da educação em 50%, no verão de 2001… naquela época, a prefeita marta Suplicy disse que as mudanças eram necessária para sobra dinheiro para o assalto! Vide emenda à Lei Orgânica e lei municipal a Lei Municipal 13.245/2001 (inclui o pagamento de aposentados nas despesas de “manutenção e desenvolvimento do ensino”), assinada também por Fernando Haddad.

Outra questão importante virá ao debate: a ex-prefeita marta Suplicy entregou a política pública de atendimento das crianças e adolescentes para os interesses empresariais. Explico: 90% das verbas do Fundo Municipal dos direitos da Criança e do Adolescente de São Paulo (Fumcad) são administradas pelas empresas, através da “doação casada” (são as empresas que dizem quais projetos serão financiados com as verbas deduzidas do imposto de renda devido pelas próprias empresas). O Conselho Municipal dos direitos da criança e do Adolescente (CMDCA S. Paulo) só controla os restantes 10% dos recursos do Fumcad. Vide decreto municipal nº 43.135/2003.

No caso da Ponte da Vergonha, a ex-prefeita marta Suplicy e seu ex-secretário Fernando Haddad deverão explicar como foi possível propor uma ponte a R$ 70 milhões, fazer uma licitação por R$ 140 milhões, e construir uma ponte milionária a um custo superior a R$ 300 milhões na Operação Urbana Água Espraiada!
Curiosidade\; o atual candidato Fernando Haddad promete construir 60 mil moradias populares, mas ele e sua ex-chefe marta Suplicy não construíram uma única moradia popular na área da Operação Urbana Água Espraiada. Detalhe: os R$ 300 milhões dariam par construir 60 mil moradias populares a R$ 50 mil cada!

Centros Eleitoreiros Unficados.
Esta será uma boa oportunidade para a ex-prefeita petista explicar sua esperteza em construir os centros comunitários com verbas da educação… bastou colocar duas ou tr~es escolinhas na área para “justificar” o milionários desvio de verbas da educação para a construção de teatros, padarias e pistas de skate, por exemplo… a falta de educação em tempo integral e a alta de atendimento da educação infantil (creches, por exemplo) é fruto direto deste gasto anual de R$ 500 milhões anuais nestes centros eleitoreiros unificados.

Mensalão petista em 2004.
Para quem não sabe, um dos objetivos do mensalão petista foi financiar as campanhas eleitorais municipais de 2004. No caso da cidade de são Paulo, a ex-prefeita marta Suplicy tentava a reelição. O PT fez uma aliança como o PL (atual PR) do vereador Antonio Carlos Rodrigues. Aliás, essa parceria Marta Suplicy & Antonio Carlos Rodrigues perdura até hoje, pois Rodrigues é o primeiro suplente da senadora Marta Suplicy.

Esperamos que a entrada da ex-prefeita Marta Suplicy refresque a memória dos paulistanos sobre o mais desastrado governo na área da educação que a cidade de são Paulo já conheceu.

São Paulo, 9 de setembro de 2012.
Mauro Alves da Silva
https://blogdomaurosilva.wordpress.com/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s