Moura Júnior anuncia tarifa zero no transporte público de Paulínia, SP

Do G1

Moura Júnior anuncia tarifa zero no transporte público de Paulínia, SP

Segundo o prefeito, medida passa a valer no dia 1º de outubro deste ano. Político foi empossado nesta terça após reverter impugnação eleitoral.

O prefeito de Paulínia (SP), Edson Moura Junior (PMDB), anunciou, nesta terça-feira (16), que o transporte público urbano passará a ser gratuito na cidade a partir do dia 1º de outubro. Hoje, custa R$ 1. A informação foi dada por ele durante as comemorações da posse, que se deu após decisão do TSE que o autorizou a assumir a Prefeitura sete meses após o início do ano da nova administração.

De acordo com a assessoria de imprensa do prefeito, a tarifa de ônibus será integralmente subsidiada pelo município, mas nesses três meses ainda será realizado um estudo para definir as formas como isso se dará. Com esta determinação, Paulínia será a primeira cidade da Região Metropolitana de Campinas com tarifa zero.

Moura Junior anunciou, logo após a posse, 13 nomes que irão compor o primeiro escalão na administração municipal. Um deles é o de Laercio Gea, que vai assumir a Secretaria de Transportes. A madrasta do prefeito, esposa do ex-prefeito, Edson Moura (PMDB), também foi nomeada para a pasta de Promoção Social. Embora seja polêmica, a nomeação de Regina de Mattos e Moura não é ilegal.

Outras ações
Além da passagem de ônibus gratuita, o novo prefeito anunciou após a posse a realização de estudos para implantação do período integral nas escolas municipais, além de “investimentos robustos” na segurança e um “choque de gestão” na área da saúde para reverter o quadro atual.

Candidatura barrada
Moura Júnior substituiu o pai um dia antes da eleição, em outubro do ano passado. Por conta disso, sofreu quatro pedidos de impugnação. O Tribunal Regional Eleitoral indeferiu a candidatura dele em dezembro passado, e a defesa entrou com recurso no TSE que, em maio, por 5 votos a 1, o permitiu assumir a chefia do Executivo.

O peemedebista ainda não havia tomado posse por conta de três pedidos de embargos declaratórios feitos após a decisão do TSE. Essas solicitações visam esclarecer pontos da decisão, mas não mudam o resultado. Com a decisão, a ministra Carmen Lúcia permitiu que Moura Júnior assumisse a Prefeitura antes da corte de Brasília (DF) analisar os embargos.

Moura Júnior tem 36 anos e é arquiteto formado pela Universidade Medodista de Piracicaba (Unimep). O vice-prefeito é ex-vereador Francisco de Almeida Bonavita Barros (PTB). O peemedebista foi o mais bem votado nas eleições, com 41% dos votos válidos. Em segundo lugar ficou Pavan, com 35%. Após a candidatura de Moura Júnior ser indeferida, Pavan foi diplomado prefeito de Paulínia e tomou posse no dia 1º de janeiro sem saber se cumpriria os quatro anos de mandato.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s